Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
28º SET UNIVERSITÁRIO
30 de setembro de 2015

A renovação da Globosat nas novas interfaces

Líder de projetos instrumentais em novas mídias da Globosat Rodrigo Godoy palestrou nesta terça-feira
Por Júlia Aguiar
21797793506_1b2d58b233_z (1)

Rodrigo Godoy (E) palestrou no segundo dia do 28º SET Universitário (Foto: Letícia Monteiro)

“Eu vim apresentar alguns princípios de fé”, afirmou Rodrigo Godoy, ministrante da palestra Globosat: a TV para além da TV. O mediador da conversa foi o professor da Famecos Fabio Canatta. Godoy trabalha com mídias digitais há 17 anos e, há seis, é líder de Projetos Instrumentais em Novas Mídias da Globosat. A palestra ocorreu nesta terça-feira (29), durante o 28º SET Universitário.

O palestrante disse que o estudo dos projetos tem dois objetivos: estreitar a relação do telespectador com os conteúdos que ele consome e desenvolver produtos de eficiência para a Globosat. “Nós somos uma máquina de fazer conteúdo. Temos a missão de ajudar a Globosat a encontrar novos caminhos para explorá-los”. Ele disse que ninguém está preso a uma tela só. E que é preciso entender qual é o nível de engajamento das pessoas em cada umas delas.

Godoy contou que existem quatro grandes estratégias para captar os espectadores hoje: vídeos curtos, VOD nas operadoras, SVOD e vídeosover the top e TV everywhere. Vídeos curtos têm o intuito de conquistar usuários que não querem ver o programa todo, mas só o essencial. Por enquanto, este material é depositado num catálogo automático, um atrás do outro. A proposta agora é agrupá-los em uma linha do tempo que faça mais sentido para os clientes. Por exemplo, em três grandes grupos: humor, ficcção, viagem e música; gols da rodada, esportes radicais, mma, notícia; decoração, beleza, moda e receitas.

O VOD nas operadoras, que significa video on demand, é direcionado para quem deseja assistir qualquer programa a qualquer hora. O SVOD video over the top são canais como o +bis, dedicado exclusivamente para shows, e o Philos, que existe somente na web, e fala sobre arte e música. Por último, o TV everywhere é o play depois do nome do canal. CombatePlay e TelecinePlay, por exemplo.

Além disso, a Globosat tem outras iniciativas, como conteúdos para degustação e aplicativos de times, que foi o primeiro produto da marca envolvendo Apple Watch. Todos os times que integram ou já integraram a série A do Campeonato Brasileiro têm um aplicativo. Neles, existem notícias, vídeos e alertas durante os jogos.

Mirando as Olimpíadas de 2016, Godoy disse que a equipe dividiu o evento em três partes: pré-jogos, esquenta e durante. O palestrante explicou que, nas Olimpíadas, a Globosat pretende fazer uma transmissão muito além da televisão. “Serão 16 canais de TV e 40 canais com conteúdo exclusivo na web”, revela. Ele afirmou que o número parece grande, mas é necessário. “Durante os jogos, dentro de um estádio, acontecem diversas modalidades ao mesmo tempo”.

“Nós queremos conquistar todas as telas, trabalhando com interfaces imersivas”. Sobre o futuro, ele garante: “Existem novos tipos de consumo que ainda vamos descobrir. Nós fazemos projetos complexos e criativos o suficiente para que isso aconteça”.

Tag(s) da matéria: , .
Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org