Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
JORNALISMO
26 de abril de 2017

Aluno da Famecos ganha destaque na Zero Hora

Estudante teve artigo publicado e citação em matéria do jornal
Por Victor Eduardo Siviero Alves
Foto: Lenara Pothin

Italo Bertão Filho com a edição do jornal em mãos (Foto: Lenara Pothin)

O aluno do terceiro semestre de jornalismo Ítalo Bertão Filho, da Faculdade de Comunicação Social (Famecos) da PUCRS, acordou no dia 7 de abril, Dia do Jornalista, com uma grande surpresa: um artigo de sua autoria publicado no Jornal Zero Hora (ZH) e uma citação de sua reportagem para o Laboratório de Jornalismo Convergente da Famecos (Editorial J) em uma coluna do grande veículo. Com o título de “1984 nunca foi tão real”, Bertão aborda o  fake news e o sensacionalismo da imprensa e utiliza o presidente Donald Trump para exemplificar o seu argumento. Em seu outro trabalho, o acadêmico fez uma matéria memorialista, realizou uma apuração sobre os locais em Porto Alegre batizados com os nomes de jornalistas e obteve divulgação no portal Coletiva e na Zero Hora.

O estudante conta que se sentiu surpreso ao ver seu artigo publicado no Jornal. “Não esperava que fosse publicado um artigo meu. Na verdade, eu tinha mandado em fevereiro, mas eu deixei assim, eles não responderam mais e eu pensei que não iriam publicar. Então, na sexta-feira dia 7 de abril, eu abro o jornal e está lá o meu nome, o meu artigo publicado”, revela. O Jornal gaúcho também ressaltou uma reportagem especial produzida por Bertão para o Editorial J sobre o Dia do Jornalista, o discente descobriu que pelo menos 86 logradouros da capital gaúcha fazem referências aos profissionais da comunicação. O aluno explica que gosta bastante de acompanhar e ler sobre a história do jornalismo no Rio Grande do Sul, então a partir disso surgiu a ideia de fazer a matéria. “Nós, do Editorial J, queríamos prestar uma espécie de contribuição a historiografia de Porto Alegre e do jornalismo, porque muitos daqueles nomes que foram homenageados como nomes de ruas são completamente esquecidos, não são nem nota de rodapé em livro, tanto que para eu conseguir achar as informações, procurar e apurar, foi muito complicado”, expõe. Para o andamento da matéria, Alexandre Elmi, professor da Famecos e coordenador do Núcleo Digimpresso do Editorial J, foi essencial, pois foi ele quem editou e deu o encaminhamento à reportagem nas ruas. “Como ele tem muitos anos de vivência e muita experiência em redação jornalística, ele soube dar o encaminhamento que fosse necessário, ou seja, ele soube deixar o conteúdo mais atraente para o leitor”, afirma. Segundo Bertão, para a matéria não cair em um tom antiquado foi necessário evitar uma aula de história em forma de reportagem, mas sim realizar algo que realmente fosse agregar ao interesse do leitor, uma vez que o trabalho tem a característica de pegar um fato histórico e trazer para o cotidiano do cidadão.

Para o acadêmico, a satisfação de ter seu artigo publicado no Jornal Zero Hora foi gratificante, visto que não é algo costumeiro. “É bom ver que tem gente que lê o que nós estudantes estamos aqui fazendo, mas não só lê, como também dá voz. Para nós termos espaço na mídia tradicional é muito difícil, não temos expressão, não temos nome, então eu achei muito legal, uma coisa muito diferente, não acontece normalmente”, conta o universitário. Bertão também mencionou o que acha importante para a profissão. Para ele, entre outras coisas, ler é fundamental para se fazer jornalismo, pois nenhum jornalista cresce na profissão sem essa prática, já que a leitura não deve ser vista como um hábito, mas sim como um prazer para suprir algo que está faltando. O aluno ainda afirma que as pessoas não podem ter medo de escrever e defende que o trabalho deve ser valorizado e sempre que possível publicado em jornais, revistas, internet, blogs, sites e nas redes sociais. “Tem que sempre divulgar o teu conteúdo, tem que mostrar o que tu estás fazendo, não deixar tudo guardado, porque senão as pessoas não vão se lembrar de ti”, conclui.

Tag(s) da matéria: , , , .
Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org