Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
FAMECOS
9 de abril de 2019

Artista que pintou mural na PUCRS participa de bate-papo na Famecos

Além de Kelvin Koubik, o grafiteiro Santiago Pooter também esteve no evento
Por Francine Massoco

O Instituto de Cultura da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e a Escola de Comunicação, Artes e Design – Famecos promoveram um bate-papo com os artistas Kelvin Koubik e Santiago Pooter na tarde desta sexta-feira, 5 de abril. Com a mediação do professor Stefan Von der Heyde Fernandes, no Auditório da Famecos, os convidados apresentaram um panorama sobre arte urbana e falaram sobre o processo criativo do mural que agora integra a paisagem do campus central da PUCRS.
Um dos focos debatidos foi o reconhecimento da arte urbana como produto cultural e o modo como isso influenciou grafiteiros e pichadores. Os artistas, contaram os palestrantes, tiveram que passar a se profissionalizar para conseguir viver da sua arte, o que é o grande objetivo: “A lata de tinta e o spray não são o graffiti. O graffiti hoje é um estilo de vida. Por exemplo, pegar a bicicleta em um final de semana e ir passear no Gasômetro não significa que eu sou um ciclista ou pegar um skate e dar uma volta não quer dizer que eu sou um skatista”, explicou Koubik.

Kelvin Koubik explica o processo de criação do mural feito na parte leste do prédio 6. Foto: Lucas Steudel/Famecos/PUCRS

A diferenciação entre pichação e graffiti também foi muito discutida, pois apenas no Brasil existe essa divisão. De acordo com os criativos, em outros lugares da América Latina, os dois termos têm o mesmo significado. No país, isso seria resultado de um padrão estético que foi rotulado, e definiu que uma pichação é algo feio e que não tem cor, enquanto o graffiti é algo colorido e bonito.
Koubik e Pooter destacaram a necessidade de o artista beber de todas as fontes, que é preciso buscar referências porque as artes são integradas e não isoladas. O bate-papo também incluiu outros assuntos, como a cultura do hip-hop influencia no processo criativo dos artistas, como um trabalho com uma marca mexe com o ego de um profissional e onde questões sociais entram no graffiti.

A conversa se encerrou com todos os presentes indo até em frente à Rua da Cultura para tirar dúvidas sobre como Kelvin Koubik executou o mural, localizado na parte leste do prédio 6.
O artista finalizou explicando o conceito da arte em que uma coruja está em primeiro plano por representar o conhecimento e a sabedoria. As três violetas, que são o símbolo marista, remetem a humildade, simplicidade e modéstia. Já a lua e o sol mostram a afinidade da Universidade com ciência e tecnologia. A arte agora faz parte do campus e reforça o comprometimento da Universidade com a promoção da cultura.

Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org