Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
FILHOS DA FAMECOS
20 de novembro de 2017

Cristiano Oliveski “Eu me senti abraçado e com vontade de fazer aquilo que eu me propus”

Jornalista do Grêmio relembra a sua trajetória na Famecos
Por Júlia Brasil

A conquista da Copa do Brasil, pelo Grêmio em 2016, marcou a carreira de Oliveski (Foto: Arquivo Pessoal)

Jornalismo não foi a primeira opção de Cristiano Oliveski. Apaixonado por animais, o comunicador do Grêmio sonhava em ser veterinário, mas o hábito de ouvir jornadas esportivas e ver jogos de futebol, unido com a paixão pela escrita, o trouxe para a Faculdade de Comunicação Social da PUCRS (Famecos).  A qualidade da Universidade foi o principal fator para a escolha de Oliveski. A estrutura e as oficinas foram essenciais para o estudante. “Eles te dão oportunidade para desenvolver a criatividade no ambiente acadêmico”, afirma.

Quando entrou, em 2006, Oliveski sentiu um ambiente agradável. A relação dos professores com os alunos o impressionou. “A Famecos te abraça. Eu me senti abraçado e com vontade de fazer aquilo que eu me propus”, diz. O jornalista gostava de frequentar o saguão, onde normalmente conversava com seus colegas e professores. Guarda com carinho professores como Fabian Chelkanoff e Ivone Cassol, sua orientadora no Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Ele lembra da história da sua monografia, quando escolheu um tema distante do Jornalismo Esportivo. Aproveitando um assunto que estava em alta na época, Oliveski pesquisou sobre “A representatividade da maconha no jornal Zero Hora”. Ao falar sobre o trabalho com o professor Juan Domingues, ele argumentou que não teria sustentação para escrever, mas a professora Ivone abraçou a ideia e foi sua orientadora. Na hora de escolher a banca, o estudante tinha certeza que escolheria o professor Juan, que elogiou o trabalho. “Foi uma experiência muito legal que eu guardo até hoje”, relata.

O jornalista sentiu, desde o início, que a Faculdade era um ambiente onde aprenderia a ser profissional. “Eu estava ali para aprender. Se eu errei, tenho que arcar com as minhas consequências”, ressalta. Durante o tempo em que passou no prédio 7, aproveitou todas as oportunidades que lhe foram oferecidas. Trabalhou na RadioFam e na TV Foca, antigos laboratórios da Famecos. “Isso foi muito importante para o meu crescimento como estudante lá dentro e profissional aqui fora”, conta.

Oliveski é formado em Jornalismo pela Famecos e hoje é o narrador da Grêmio Rádio Umbro (Foto: Arquivo Pessoal)

Oliveski começou sua carreira em uma empresa de assessoria de imprensa. Após, trabalhou para a Fatto Comunicação, onde teve a sua primeira experiência com o Jornalismo Esportivo, através da divulgação de uma edição da Revista Trivela. A publicação elencava os maiores clássicos de futebol do mundo, um deles era o Grenal e tal oportunidade levou o jornalista a participar de programas esportivos como o Sala de Redação, da Rádio Gaúcha. Realizou outros trabalhos depois, mas, após essa prática, Oliveski teve certeza que trabalhar com esporte era o seu sonho. Foi então que o Grêmio o chamou e, após seis anos, o profissional continua trabalhando no clube.

Já fora da faculdade, o comunicador trata seu trabalho na conquista do Grêmio da Copa do Brasil, de 2016, como uma memória especial. “O conteúdo que a gente gerou nesse título me orgulha bastante”, diz. Todo o caminho realizado, desde o primeiro jogo, a ida a Belo Horizonte, até o último jogo na Arena foram momentos marcantes na carreira do jornalista. A entrada da Grêmio Rádio Umbro como FM também foi importante. “Eu não dormi no dia anterior”, relembra.

Oliveski conta que a Famecos representa muito em sua vida. Não só os afazeres profissionais, mas os pessoais também são impactados por todo o conhecimento que obteve na faculdade. “Eu cresci muito dentro da Famecos”, conta. Ele sente falta das aulas práticas, do ambiente e, principalmente, do companheirismo e do papo com os professores, que iam além da sala de aula.

Na realização dos trabalhos, o que mais encanta o jornalista é o retorno que acaba recebendo do torcedor, inclusive de crianças. “Significa que teu trabalho está sendo bem feito e executado e está, de certa forma, tocando o coração das pessoas”, revela.

Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org