Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular

Estudo sobre Doação Voluntária de Medula Óssea em Porto Alegre e Região Metropolitana

Data de referência: 2009/1
Orientador(es): Cláudia Peixoto de Moura
Autor(es): Aline Camargo, Carolina Faraco, Fabiana Fernandes, Fernanda Guimarães, Lisiane Silva, Luciane Aragon, Patricia Lima da Silva e Ricardo Dytz

Resumo do Projeto

No presente projeto experimental de pesquisa abordou-se as informações relevantes sobre a leucemia, câncer no sangue, a doação de medula óssea, principal tratamento para a doença e o cadastro voluntário de doadores.

Conforme dados do Instituto Nacional do Câncer – INCA, a estimativa para o ano de 2008 foi de 810 novos casos da doença no Rio Grande do Sul, sendo destes, 130 para a capital (http://www.inca.gov.br/estimativa/2008).

Uma das alternativas de cura para a leucemia é o transplante de medula óssea. Conforme dados do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea – REDOME há, no Brasil, mais de 980 mil doadores cadastrados (http://www.inca.gov.br/conteudo_view.asp?ID=677). Apesar de o número parecer expressivo, comparados com a totalidade da população brasileira, não chega a ser suficiente para que o paciente encontre facilmente um doador compatível.

Este estudo foi elaborado tendo como principal objetivo a mensuração do grau de conhecimento da população de Porto Alegre e Região Metropolitana a respeito da doação voluntária de medula óssea e a disposição em cadastrar-se como doador voluntário.

Para atingir tais objetivos, foram utilizadas técnicas de pesquisa qualitativa e quantitativa. Na pesquisa qualitativa, buscaram-se esclarecimentos com profissionais da área da saúde sobre a leucemia e os procedimentos necessários para a doação de medula óssea. Na pesquisa quantitativa, entrevistou-se 160 pessoas de Porto Alegre e Região Metropolitana, sendo 80 indivíduos do sexo masculino e 80 do sexo feminino com idades entre 18 e 55 anos.

Neste estudo, verificou-se que a maioria da população desconhece os procedimentos para cadastro de doadores voluntários de medula óssea. Isso demonstra que o principal problema é a desinformação, como foi apontado pelos profissionais de saúde entrevistados.

Para aumentar o nível de informação e, assim, estimular a disposição da população em tornar-se doador voluntário, este estudo sugere ações de Relações Públicas com a intenção de desmistificar o tema da doação de medula óssea em Porto Alegre e Região Metropolitana, aumentando as chances de sobrevivência dos portadores da leucemia, através do transplante.

Veja o projeto completo do Estudo sobre Doação Voluntária de Medula Óssea em Porto Alegre e Região Metropolitana em PDF

Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org