Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
PPGCOM
25 de setembro de 2014

Famecos recebe o filósofo francês Gilles Lipovetsky

Teórico apresentou sua nova obra que trata do tema "Leveza"
Por Rossana Ruschel
Foto: Maia Rubim/Famecos/PUCRS

Foto: Maia Rubim/Famecos/PUCRS

Os alunos do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Comunicação Social (FAMECOS/PUCRS) participaram nessa quinta-feira (25/9) de uma palestra com  o filósofo francês Gilles Lipovetsky. Prestes a lançar seu novo livro, o autor de obras como Império do Efêmero: a Moda e seu Destino nas Sociedades Modernas tratou de assuntos como consumo exacerbado e a busca pela leveza. Para uma atenta plateia, Lipovetsky explicou que a chamada civilização da leveza vem se constituindo desde a metade do século XX. A partir de 1950, surgiu uma nova economia baseada no consumo, por meio de produtos e serviços como televisão, turismo e computadores. “Hoje todos temos smartphones, e se estes não estiverem em nossos bolsos, ficamos estressados”, criticou.

Conforme o filósofo, vivemos a cultura do entretenimento, da distração. A partir do desenvolvimento de novos materiais, principalmente com a nanotecnologia, os homens passaram a dominar aquilo que é infinitamente leve. Entretanto, o tema leveza pode ser visto por outras óticas. Para o autor, atualmente as pessoas têm verdadeira obsessão pela magreza, por tudo aquilo que é light.  O teórico ainda ressaltou que o leve sempre esteve no coração dos homens. “A civilização grega, por exemplo, falava em sabedoria. Se adotarmos um pensamento antropológico, a sabedoria é uma forma de leveza”, analisou. Para ele, o problema é que o mundo da leveza criou uma espécie de novo peso.

“O centro das buscas do ser humano hoje é a felicidade, e toda a indústria publicitária se baseia nisso”, avaliou. Conforme o filósofo, o problema é que entre aquilo que é anunciado e a realidade, há uma grande diferença. “A aspiração hoje é se sentir leve. Tudo é muito pesado, a vida nos esmaga”, disse. O lado negativo dos avanços tecnológicos é que, segundo ele, as pessoas terão mais poder sobre as coisas do que sobre elas mesmas, o que mostra a finitude humana. “Aquilo que nos torna felizes ou infelizes é a relação que mantemos com os outros seres humanos. Felicidade é se sentir leve”.

Tag(s) da matéria: , .
Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org