Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
SET UNIVERSITÁRIO
30 de setembro de 2009

Festa regada a som e gargalhadas

Por Jeniffer Remião Caetano
Foto: Daniela Lago

Foto: Daniela Lago

Muita música, animação e risadas. Esses foram os principais ingredientes do show de Arthur de Faria e seu Conjunto, que abriu a festa de encerramento do 22º SET Universitário, nesta quarta-feira, 30. O público que ocupou as poltronas do Teatro do Prédio 40 acompanhou e interagiu com as dançantes e criativas canções e riu com as piadas do simpático vocalista.

Na primeira parte do show, com Arthur no teclado, o conjunto tocou músicas como Teco-teco amarelo em chamas e a trilha do filme Missão Impossível I que animaram a todos. Mas foi a música Pouco Pula que realmente chamou a galera para interação. Convidada pelo vocalista, a audiência deu um “pulo interior” e acompanhou a melodia com palmas e gritos.

Em um segundo momento, o cantor saiu do teclado e foi para o microfone central. Ali mostrou mais do seu carisma, conversando com o público e até ensaiando algumas dancinhas.

Para encerrar, a música uruguaia Água podrida. Mais uma vez o cantor pediu a participação do público e ele retribuiu. Com as mãos para o alto, os espectadores cantaram junto com o grupo e encerraram com chave de ouro a apresentação.

O conjunto

O Arthur de Faria e Seu Conjunto nasceu a partir da vontade de diversos músicos de fazer um som diferente e cheio de ritmo. Sérgio Karam, Adolfo Almeida Júnior, Júlio César Rizzo, Marcão Acosta, Clóvis Boca Freire, Diego Silveira e Artur de Faria fazem parte da formação atual, que busca uma mistura de conceitos e sonoridades. O grupo faz um mix de músicas folclóricas dos países da América Latina, com jazz, música contemporânea, milongas, tangos, rock e pop e tem quatro discos lançados: Música pra Gente Grande (Núcleo Contemporâneo, 2001), Flicts (Allegro, 2007), Meu Conjunto Tem Concerto (Barulhinho, 2002) e Música pra Bater Pezinho (Yb, 2005).

Ping-Pong com Arthur de Faria

SET Universitário – Como surgiu o convite para participar do SET?

Arthur de Faria – Foi através do Victor Necchi. Na verdade a gente já estava com um projeto de meio que invadir as faculdades para mostrar o nosso show de forma acústica. Nós queríamos mesmo começar pela Famecos e esse convite acabou sendo uma coincidência boa.

SET – E por que a ideia de começar pela Famecos?

Arthur de Faria – É que o público daqui é muito especial. Ele é interessado em invenções, inovações como todo comunicador deve ser. Além disso, eu tenho uma ligação afetiva com a faculdade. Me formei aqui em 1988 e não passa mais que dois anos sem em eu voltar para fazer uma visita.

SET – Vocês fazem um som bem diferente. Como vocês poderiam definir ele para os novos fãs?

Arthur de Faria – Ele é um som bom. (risos) Na verdade, cada disco nosso é muito diferente e cada um de nós tem gostos muito diferentes. Por isso, é difícil de definir um único estilo.

Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org