Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
TECNOLOGIA
12 de abril de 2016

Fim da TV analógica no Brasil

Professora de telejornalismo da Famecos Cristiane Finger analisou o tema
Por Carolina Chassot
(Foto: Bernardo Speck)

O desligamento está previsto até 2018 (Foto: Bernardo Speck)

Até 2018, no Brasil, o Governo vai interromper o sinal analógico. Os canais abertos vão ser transmitidos apenas em sinal digital. Esse é o avanço da tecnologia de luz e cor, fazendo com que o som e a imagem tenham melhor qualidade. Entre os anos de 2015 e 2018, os brasileiros terão que se adaptar ao novo sinal. Um dos principais motivos do desligamento da TV analógica é a atuação das operadoras que pretendem aumentar o uso da quarta geração de telefonia móvel (4G), liberando a faixa 700 MHz.

A professora de Telejornalismo da Faculdade de Comunicação Social (Famecos) da PUCRS Cristiane Finger explicou que existem duas formas de acesso ao sinal digital.”Você pode ter uma televisão digital ou comprar um conversor”.

Os novos aparelhos de TV têm também acesso à internet. Assim, assistir televisão passa a ter algumas vantagens, como fazer compras em lojas, ter acesso às contas bancárias, aumentar a variedade de canais, escolher o ângulo que será assistida uma partida de futebol, acessar cenas de capítulos anteriores, entre outras. “Isso traz mobilidade, portabilidade e possibilidade de multicanais”, comentou a professora.

Cristiane lembrou que antigamente o acesso a programas de televisão no celular eram pagos, com o uso de dados da internet. Com a nova mudança, as pessoas passam a ter a possibilidade de ver a programação do sinal aberto sem custo.

Se a TV analógica fosse desligada agora, segundo reportagem feita pelo Estadão, 1,5 milhões de pessoas ficariam sem ver televisão. Isso quer dizer que em torno de um quarto da população ficaria sem acesso aos programas. Para que a mudança ocorra, segundo o Ministérios das Comunicações, 93% da população deve ter a possibilidade de receber a TV digital antes do desligamento total, conhecido como switch-off.

Em novembro de 2015, a primeira cidade a ter o sinal analógico todo desligado foi Rio Verde, em Goiás. Este ano, as cidades de Brasilia, São Paulo, Belo Horizonte, Goiânia e Rio de Janeiro, respectivamente, terão o sinal desligado.

 

 

 

Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org