Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
FILHOS DA FAMECOS
13 de novembro de 2015

“Minha profissão me possibilitou grandes experiências”

Publicitário Marcos Eizerik se formou em 1993 e hoje é diretor da Propaganda Futebol Clube
Por Laura Franco
marcoseizerik

Atualmente Marcos Eizerik é o diretor da Propaganda Futebol Clube (Foto: Letícia Monteiro)

Colegas. SET Universitário. Ipiranga/PUC. Restaurante Universitário. São essas as primeiras lembranças que vêm à cabeça de Marcos Eizerik quando pensa na sua formação. Ele se graduou em Publicidade e Propaganda na Faculdade de Comunicação Social (Famecos) da PUCRS em 1993 e, desde então, atua na área. É dono da Propaganda Futebol Clube e se diz fascinado pela profissão.

Foi no colégio que decidiu o rumo que tomaria. “Na sétima série fizemos um concurso para criar um logotipo para turma. O meu era péssimo, mas foi o escolhido pelo grupo”. Os colegas percebiam que ele era bom. Para o futuro publicitário, isso foi interessante. Foi esse apoio que fez com que ele seguisse criando.

A sala de aula sempre foi o ambiente favorito de Eizerik. Quanto aos professores, ele diz ser difícil escolher apenas um. “Não quero ser injusto, todos foram importantes para a minha trajetória”. Durante a Faculdade, participou de dois SETs Universitários. Em um deles, venceu em diversas categorias com uma campanha. O projeto foi desenvolvido entre vários alunos. A campanha era voltada para o Instituto do Câncer Infantil. “No comercial apareciam crianças brincando. A cada take uma delas dizia o que gostaria de ser quando crescesse. A câmera abria e mostrava que todas aquelas crianças estavam na área de recreação do Instituto do Câncer Infantil. Depois voltava para outra criança, que dizia quando eu crescer quero ser salva-vidas. O conceito da campanha era Ajude o Instituto do Câncer Infantil a crescer para que possamos fazer o mesmo por muita gente. Ele descreve o trabalho como incrível, por este motivo a propaganda foi vinculada em meio externo.

O projeto que ganhou o SET Universitário foi o primeiro trabalho profissional de Eizerik. Depois, trabalhou em diversos locais, até mesmo fora do Brasil. Passou por São Paulo, Manaus, Lisboa e, por último, Barcelona, onde foi para acompanhar a esposa, que foi a trabalho. As férias que ele programou não duraram muito. “Tive muita sorte e acabei trabalhando em Barcelona. De lá, fui convidado para atender as Casas Bahia, o que acabou não dando certo. Foi por este motivo que voltei para Porto Alegre”.

Para ele, a profissão representa uma escolha de vida. “É o que eu gosto de fazer, me possibilitou viajar pelo mundo e conhecer pessoas incríveis”. O publicitário diz que seu trabalho permite criar, resolver problemas de forma criativa, contar histórias, fazer as pessoas sorrirem e chorarem. Possibilita interação e influência na vida das pessoas.

Aos novos estudantes, deixa a dica: procure ídolos. E é inspirado em um de seus ídolos, Washington Olivetto, que ele fala sobre a importância da ideia. “Isso nunca vai mudar. Seja num anúncio de mídia impressa, numa web série, na internet, ou na comunicação que não surgiu. O que vale é a ideia”. Ele alerta que é necessário cuidado ao escolher seus ídolos. “Temos muitos falsos profetas, pessoas que acreditam ter resposta para tudo”. Quando teve a oportunidade de ser professor na FAPSP, em São Paulo, sua primeira aula foi uma apresentação de bibliografias para os alunos. Os autores? Não eram teóricos, publicitários ou especialistas. Eram artistas. Renato Russo e Cazuza. “Renato Russo uma vez questionou como poderia saber das respostas se não sabia quais eram as perguntas. Não indiquei falsos profetas”.

Buscar sempre a grande ideia e chegar à qualidade através da quantidade são os principais conselhos dele. “Tudo tem que ter ideia. Do cartão de visita ao filme de 30 segundos. Vai em busca dessa grande ideia”.

**A próxima reportagem da série Filhos da Famecos será publicada na segunda-feira (16). O entrevistado é o jornalista Cláudio Goldberg Rabin. Ele se formou na Famecos em 2010, e é repórter da coluna Mercado Aberto da Folha de São Paulo. 

Tag(s) da matéria: , .
Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org