Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
JORNALISMO
3 de março de 2015

Ministério Público do Trabalho premia universitários

A melhor reportagem jornalística publicada por estudantes de graduação levará o prêmio na categoria
Por Rossana Ruschel
Foto: divulgação

Foto: divulgação

Valorizar a produção de trabalhos jornalísticos que demonstrem a violação das normas constitucionais e trabalhistas vigentes é o principal objetivo do Prêmio Ministério Público do Trabalho (MPT), que teve sua primeira edição em 2014. As categorias são jornal impresso, revista impressa, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo, fotojornalismo, universitário e cinematográfico.

As novidades para a edição de 2015 são a substituição da categoria mídias sociais pela de universitário – dedicado a reportagens produzidas por estudantes de graduação em Jornalismo – e a criação do prêmio especial MPT, concedido à melhor reportagem dentre todas as vencedoras das categorias nacionais. O aluno participante deve ter concluído o sexto semestre ou o terceiro ano da faculdade.

A disputa compreende duas fases. Na primeira, será selecionado o melhor trabalho por categoria, em cada uma das cincos regiões do Brasil. Mais tarde, os vencedores regionais disputam a fase nacional com os melhores de cada região, podendo, assim, serem premiados novamente. Em todas as etapas, a seleção das reportagens é realizada por um júri composto por jornalistas convidados e membros do MPT.

Podem ser inscritas no concurso reportagens veiculadas de 1º de agosto de 2014 a 1º de maio de 2015. Para os estudantes, serão consideradas válidas as reportagens publicadas em veículos universitários. As inscrições devem ser feitas até o dia 1º de maio de 2015 no site oficial do Prêmio.

Poderão ser premiadas matérias que tratem sobre fraudes nas relações de trabalho; trabalho escravo contemporâneo; trabalho infantil; discriminação de gênero, cor e pessoas com deficiência; meio ambiente do trabalho; promoção da liberdade sindical; trabalho portuário e aquaviário e irregularidades trabalhistas na administração pública. Matérias que retratem o dia a dia do trabalhador também serão consideradas.

A análise dos trabalhos começa, regionalmente, por 5 (cinco) júris: Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sudeste e Sul. Nesta etapa, os vencedores serão premiados com R$ 5 mil. Após a fase regional, os trabalhos vencedores serão apreciados por um júri nacional, podendo receber entre R$ 10 mil e R$ 15 mil. Os ganhadores dos prêmios especiais Fraudes Trabalhistas e MPT de Jornalismo faturam R$ 45 mil cada. As fases regionais do júri ocorrem entre junho e julho de 2015. A fase nacional também será realizada em julho. A premiação nacional está marcada para agosto de 2015.

Tag(s) da matéria: .
Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org