Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
FILHOS DA FAMECOS
6 de novembro de 2015

“O filme que fiz na Famecos se transformou em minha produtora”

Diplomado em Produção Audiovisual Bruno Carboni é um dos fundadores da Tokyo Filmes
Por Laura Franco
brunocarboni2

Bruno Carboni entrou na Famecos em 2006 (Foto: Letícia Monteiro)

Para muitos, a Faculdade é um momento único e novo. Para Bruno Carboni, um momento de estranhamento, quase como um “hiato”, como ele mesmo descreveu. Ele entrou na Faculdade de Comunicação Social (Famecos) da PUCRS em 2006 e passava as tardes no prédio 7. O horário o impedia de realizar outras tarefas, mas não considera que isso tenha sido prejudicial. Conseguiu se concentrar no curso e se tornar, com o tempo, o cinéfilo que nunca havia sido.

Foi em uma daquelas sextas-feiras à tarde, reunido com amigos em frente à televisão, que Carboni decidiu o rumo que tomaria. “Eu e meus amigos alugávamos filmes toda a sexta à tarde. Tive contato com os clássicos do cinema e com os filmes inovadores. Em uma vontade de expressão, eu pensei que o cinema, que era um curso bem novo aqui, se encaixava com o que eu achava legal”. Foi através da vontade de contar histórias que ele decidiu cursar Produção Audiovisual.

As atividades no auditório sempre foram um dos momentos mais especiais para ele. “No final do semestre, devíamos apresentar nossos curtas. Era um momento muito aguardado por todos”. Ele descreve que o evento era praticamente uma preparação para um festival. As edições dos filmes na sala de cinema o fizeram gostar ainda mais da atividade. Por isso, durante a Faculdade, participou de projetos de edição para diversos filmes. Carboni já desenvolveu muitas produções, de longa e curta-metragem. Inclusive fazendo trabalhos para professores da Faculdade. “Eu mantive muito contato com os professores. O primeiro longa-metragem que eu montei foi o do Gustavo Spolidoro. Montei também uma série de curtas do Eduardo Wannmacher. Fabiano de Souza me chamou para montar um filme dele. Queta Satt é uma professora com quem ainda mantenho muito contato”. Ele garante que essa relação é muito importante para seu crescimento profissional. O diplomado descreve os docentes como companheiros de trabalho.

Carboni entrou na Faculdade com dois amigos de colégio, Davi Pretto e Richard Tavares. Junto deles e de Paola Wink, ele desenvolveu um filme de conclusão de curso, chamado Quarto de Espera. Esta foi a produção que despertou nos estudantes o desejo de montar uma produtora. Surgiu, então, a Tokyo Filmes, que já tem sete anos de histórias, filmes e premiações. Para ele, a intenção era criar a produtora para acompanhar o filme. “A PUCRS bancou a cópia 35 mm. A partir daí, conseguimos circular em vários festivais. A produtora seguia o filme, para que pudéssemos construir uma carreira no cinema”. A Tokyo, para ele, foi um misto de trabalho e longa criação de uma empresa. Muitos curtas foram desenvolvidos sem dinheiro, portanto ele tinha de tocar outros projetos. “Insistíamos na esperança de concretizar os filmes e de que eles circulassem. Quando você é um idealizador novo, é difícil ter filmes circulando”.

Quando questionado sobre o que a profissão representa, rapidamente responde: “meu tormento”. Mas um tormento positivo. “Tem divertimento e trabalho duro. É difícil produzir um filme, lidar com 30 pessoas, fazer roteiros e pensar em como funciona para o público”. Ele diz que até poderia estudar outras coisas, mas cinema foi o que ele escolheu. Uma carreira que consegue abranger tudo que gosta. Apesar da situação difícil no Estado, ele acredita que o cinema é uma arte que não está morrendo. “Temos que nos reinventar, tornando nossa produção viável. Mas é uma tensão o tempo inteiro”.

**A próxima reportagem da série Filhos da Famecos será publicada na segunda-feira (9). A entrevistada é a relações-públicas Analisa de Medeiros Brum. Em setembro de 2000, fundou a Happy House, uma agência especializada em comunicação interna e endomarketing. Trabalha para marcas Rede Globo, Grupo JBS (Friboi) e Grupo RBS. 

Tag(s) da matéria: , .
Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org