Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
REPORTAGEM ESPECIAL
26 de junho de 2015

O velho mundo em Porto Alegre

Intercambistas europeus falam sobre suas experiências na PUCRS e no Brasil
Por Ana Paula Bueno e Bárbara Debeluck
Foto: Joana Berwanger

O inglês Edward Taylor e a catalã Elena Galber são amigos (Foto: Joana Berwanger/Famecos)

Huddersfield é uma cidade com cerca de 160 mil habitantes. Localizada no norte da Inglaterra, é mais conhecida por ser um dos maiores centros comerciais do Reino Unido. Edward Taylor é de lá. E ele não esconde sua origem. O sotaque britânico é visível mesmo quando fala português, idioma que está aperfeiçoando desde sua chegada à PUCRS, em fevereiro de 2015. A escolha da universidade foi influenciada por uma professora brasileira em sua cidade natal. “Eu tinha a opção de ir para a Universidade de Lisboa, mas pensei: se eu não for para o Brasil agora, não vou nunca”.

A chance de estudar em Porto Alegre surgiu através da Mobilidade Acadêmica da PUCRS, que realiza intercâmbios de alunos estrangeiros e brasileiros mediante candidaturas e processos seletivos. O tempo de duração do programa é de, no máximo, um ano. Taylor, que cursa Letras, deseja terminar sua estadia no Brasil falando português e espanhol fluentemente. Para ele, a maior vantagem de estudar na universidade gaúcha é a proximidade entre alunos e professores. “Na Inglaterra é muito diferente, há uma distância”. O jovem de 21 anos também ficou surpreso com a disposição das pessoas em ajudar. “Uma professora me deu seu número de telefone e disse que se eu tivesse qualquer problema, poderia falar com ela”, conta.

Apesar de reconhecer a receptividade dos brasileiros, Taylor ainda tem dificuldade para fazer novas amizades. Os estrangeiros que estudam na universidade são seus companheiros de estudos, almoços e saídas no final de semana. Com eles, o inglês viajou para lugares como Rio de Janeiro, São Paulo e Foz do Iguaçu. Praticamente toda semana, confraterniza com seus amigos em algum bar próximo à PUCRS, onde bebe alguma cerveja nacional que, segundo ele, é boa e barata.

Elena Galber, que chegou ao Brasil vindo da Espanha na mesma época de Taylor, fez parte de algumas dessas viagens. A noite de Porto Alegre é uma das mais apreciadas por ela, que esteve em Florianópolis, Salvador, Maceió, Maragogi, Porto de Galinhas e Recife. A estudante também destaca as diferenças entre sua universidade e a PUCRS. “Em Barcelona, as salas têm 80 alunos, os professores não os conhecem e não tem chamada. Aqui é muito diferente”, afirma. Pensando em se tornar uma psicóloga melhor qualificada, escolheu o país como destino para realizar o intercâmbio. Entre suas pesquisas, descobriu que na América Latina o curso é mais prático, ao contrário do que ocorre na Espanha.

Guillaume Torralba chegou na PUCRS um semestre antes de Elena e Taylor, mas devido à integração promovida pela universidade, os três se tornaram amigos. “Na primeira aula, não respondi a chamada, porque o professor falou meu nome de um jeito muito diferente”, diz Torralba, entre risos. “Mas quando visitei a Argentina, a pronúncia foi pior”, ironiza, sabendo da rivalidade com o Brasil. Nascido em Artas, na França, chegou ao país sem falar nada de português. Ao desembarcar no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, foi recepcionado pelo Amigo Universitário, programa da Mobilidade Acadêmica que visa dar apoio e auxiliar estrangeiros na adaptação à cultura brasileira e à língua. “Ele falava inglês e me ajudou a fazer todos os papéis que precisava para viver aqui”, comenta Torralba. No final de julho, o estudante volta para seu país para receber seu diploma em Engenharia Mecânica. Como Taylor e Elena, Torralba exalta os professores brasileiros. “Na França, eles dão aula e vão embora. Aqui, eles ajudam no que eu precisar”, valoriza.

Como mora no Bairro Cidade Baixa, que é repleto de bares e casas noturnas, Torralba aproveita as noites de fim de semana para se divertir. O Beco 203 é um de seus destinos preferidos, porém quase nenhuma festa é dispensada por ele. Taylor mora perto do amigo, e os dois são companhia um do outro para qualquer tipo de atividade. No jogo entre Brasil e Honduras, que aconteceu no dia 10 de junho, aproveitaram para ir ao Estádio Beira-Rio e torcer para a seleção do país que os acolheu tão bem.

Estudar no Exterior é o sonho de muitos estudantes. A PUCRS também proporciona a oportunidade aos seus alunos brasileiros. Através de convênios com diversas universidades ao redor do mundo, a instituição busca favorecer a formação integral e oportunizar vivências com outras culturas. O próximo processo de seleção abre em agosto. Pelo site, o aluno pode ter acesso a todas as informações sobre o programa.

 

Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org