Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
COMUNICAÇÃO
13 de julho de 2017

Primeiro dia do Ecom reúne comunicadores da Rede Marista

Encontro tem dois dias de duração
Por Janaina Rauber e Júlia Bueno
(Foto: Júlia Brasil)

Irmão Marista Deivis Fischer faz pronunciamento de abertura no Ecom (Foto: Júlia Brasil/Famecos/PUCRS)

Em um espaço desconstruído, aconchegante e dominado pela presença de cores, os comunicadores da Rede Marista foram recebidos para a 12ª edição do Encontro de Comunicação Marista (ECOM) no Laboratório de Criatividade do Tecnopuc, o CriaLab. Além dos adesivos para identificação, quem entrou no ambiente foi recebido com um café da manhã e brindes, como um copo eco – que tem como objetivo evitar o uso de materiais descartáveis – e uma sacola produzida com lona reaproveitada de uma campanha institucional.

O relógio marcou 8h50min e iniciou o segundo momento do primeiro dia do evento: O desafio da coerência em Rede. Quem assumiu a palavra foi o Irmão Marista Deivis  Fischer, vice-presidente da Rede Marista, ao lado de Diego Wander, coordenador da Assessoria de Comunicação e Representação Institucional. Ao refletirem sobre os três elementos que guiam os discursos e atividades maristas – identidade, coerência e reputação -, eles destacaram a necessidade crescente de articulação e contato entre os empreendimentos e a importância de respeitar a essência da Instituição.

Identidade e reputação em tempos de riscos e incertezas foi o segundo bate-papo, que contou com a participação de Rosângela Florczak, sócia da Engaje Comunicação Inteligente, e Daniela Cidade, da Triunfo Concepa. O workshop foi direcionado à relevância de ter identidade pessoal e profissional com o que se trabalha, além do mérito de conquistar uma boa reputação. Em meio a uma atividade dinâmica, os grupos trabalharam com o intuito de representar a personalidade de cada participante, junto com a busca por três grandes características – pessoal, relacional e comunicacional – do cenário no qual estamos inseridos.

Em seguida, o foco foi direcionado ao trabalho complexo da comunicação em gestão de crises. “A reputação inabalável é uma utopia”, afirmou Daniela. Quanto ao alinhamento de posicionamento, explicou que em momentos de tensão deve existir um único discurso ou uma declaração com multiplicidade de vozes.

Tiago Rigo, coordenador de Assessoria de Comunicação e Marketing dos Colégios e Unidades Sociais, e Renata Fagundes, Analista de Comunicação do Colégio Marista Champagnat, compartilharam experiências e estratégias para se comunicar com os diferentes públicos atendidos pelas unidades de ensino básico. Nas abordagens, ambos pontuaram a necessidade de gerenciar a imagem da forma correta, respeitando estudantes e pais.

 

Da reflexão para a prática

 

(Foto: Amanda Caselli)

Oficinas para comunicadores ocorreram durante a tarde (Foto: Amanda Caselli/Famecos/PUCRS)

O início da tarde teve como cerne a materialização das conexões estabelecidas durante a manhã. A segunda etapa do primeiro dia de evento começou com quatro atividades, sendo que cada participante podia escolher três delas – as quais duravam 20 minutos cada. São elas:

 

Coerência com a identidade a partir da ética nos relacionamentos, com Cris Weber;

Com base na comunicação e na ética dos hospitais, a palestrante ressaltou a empatia com o paciente como fator primordial na relação. Ao falar sobre a necessidade de transmitir o que se quer de maneira afetiva, pontuou quatro aspectos a serem considerados para uma maior transparência entre instituição e público: proteção das informações; conhecimento do problema para, posteriormente, resolvê-lo da melhor maneira possível; proteção da identidade do paciente e controle de imagens. Somado a isso, atenta para o cuidado extremo que a equipe hospitalar deve ter em relação ao uso das redes sociais, pois diz respeito não apenas à vida pessoal de médicos, funcionários ou pacientes, mas principalmente do estabelecimento.

 

Coerência com a identidade no atendimento aos públicos, com Leticia de Castilhos e Anna Catarina Fonseca;

Uma das questões que ganhou maior destaque foi a necessidade de exercer a coerência entre o que se fala e o que se faz. Para tanto, seis fatores são fundamentais para calibrar tamanha expectativa: recepcionar, informar, orientar, filtrar, amenizar e agilizar – tendo como objetivo final a fidelização do público. Além disso, ouvir o que se fala, considerar o que se sente e compreender a realidade de cada cliente se torna fundamental, já que o relacionamento envolve humanização de atividades.

 

– Coerência com a identidade no relacionamento com estudantes, com Gabriel Bessa, Laura Machado e Lidiane Amorim;

Pautados no relacionamento com os jovens, os palestrantes explicaram o cuidado e a valorização que a equipe de comunicação da Rede Marista deve ter com os estudantes, tanto no momento de “entrada”, quanto de “saída” deles do ambiente acadêmico. Dividido em quatro momentos – pré-vestibular, passei!, sou PUCRS e alumni -, o trio esclareceu a importância de respeitar os princípios maristas. Valorizar os estudantes, fortalecer o vínculo entre eles, compreender como Instituição o que os alunos desejam, além do cuidado e acolhimento regem tal ofício.

 

– Coerência com a identidade no desenvolvimento de campanhas institucionais e mercadológicas, com Juliana Matos, Tiago Rigo e Sílvia Medeiros.

Tendo como objeto de comparação o conjunto de anúncios publicitários ligados ao slogan “Aprender por inteiro nos completa”, os comunicadores estabeleceram seis métodos efetivos para a construção de uma campanha. Atuação em rede, tradição e inovação, evangelização e carisma, seguidos de formação integral, multiplicidade e impactos na sociedade serviram como base para a elaboração do projeto. Segundo os palestrantes, a importância de preservar e divulgar somente a verdade é fundamental, além da necessidade de respeitar o conjunto de valores maristas.

 

Ao se encaminhar para o encerramento, Tiago Afonso, diretor de desenvolvimento comercial e digital da Editora Globo, e José Borbolla, cientista de dados, consultor de inovação e professor, falaram sobre as tendências e oportunidades no mundo da comunicação. Afonso palestrou sobre o futuro do consumo de conteúdo e da mídia na contemporaneidade, enquanto Borbolla expôs os aprendizados absorvidos como data manager marketing na Atitude! e as contribuições de análises antecipativas. Já o diretor da Editora Globo atentou para o fato da sociedade ter mudado a forma de consumir conteúdo, algo que modifica diretamente o trabalho de comunicadores. “É necessário, além de produzir, saber distribuir o material produzido”, afirmou. Já o cientista de dados direcionou sua fala para o avanço da tecnologia e uso de dados, como no caso da campanha de Trump nas eleições norte-americanas.

Nesta quinta-feira (13), o evento ocorre no Auditório do Prédio 32 da PUCRS – com início às 8h30min – e conta com a participação de gestores da Rede Marista, que se reunirão aos comunicadores presentes no primeiro dia.

 

*Confira o álbum de fotos no Flickr Eu Sou Famecos

 

Tag(s) da matéria: , , , , .
Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org