Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
PALESTRA
13 de maio de 2014

Renato Meirelles explica a nova classe média brasileira

Presidente do Data Popular esclareceu dúvidas e desmistificou a nova classe C do país
Por Júlia Narvaez
Foto por: Cassiana Martins

Foto por: Cassiana Martins

Na última sexta-feira (09), o publicitário e sócio-diretor do Data Popular, Renato Meirelles, palestrou no auditório da Faculdade de Comunicação Social (Famecos) da PUCRS, sobre a ascensão da população brasileira a classe C, a nova classe média: seus hábitos, preferências, importância social e econômica. No palco, além do coordenador do curso de Jornalismo da faculdade, Fábian Chelkanoff, e Meirelles, estava também a deputada Manuela D’Ávila, que coordenou o ciclo de palestras “Trocando Ideias”.

Com o auditório praticamente lotado, Renato, de maneira descontraída, explicou como a sociedade brasileira chegou a essa nova organização social. Segundo o palestrante, de 2003 para cá, cerca de 40 milhões de brasileiros saíram da linha da pobreza e passaram a constituir a nova classe média do país. Hoje, a classe C representa 54% da população e cresce quatro vezes mais rápido que as classes A e B. Isso ocorreu pela geração de novos empregos formais, 20 milhões só na última década, o que impulsionou o aumento da renda mensal de muitas famílias. “O impacto na economia se dá pelo fortalecimento de mercados que antes eram quase invisíveis. A classe C brasileira consome por ano R$ 1.17 trilhões. É um mercado tão grande que, se fosse um país, seria o 18º do mundo em consumo. Seria, na prática, um G20 do consumo mundial”, diz o publicitário. Além de comprar muito, os cidadãos da classe média são também mais exigentes e geralmente pesquisam preços.

Sobre a classe C gaúcha, Meirelles afirma ser mais leitora de jornais, conectada a internet e com maiores níveis de escolaridade que o restante do país .”A classe C gaúcha é a classe A das outras regiões”, disse o palestrante. Ele explicou que essa mudança se reflete também na publicidade: “A classe C quer se ver representada na televisão. Ela quer garotos propaganda que dialoguem com seu cotidiano. O aspiracional da classe C deixou de ser o galã de novela para ser o vizinho do lado que deu certo. A propaganda brasileira precisa de pessoas que exemplifiquem isso”.

 

Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org