Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
COMUNICAÇÃO
13 de julho de 2017

Reputação, mudança, liberdade e inclusão: temas do 2º dia do Ecom

Evento reuniu gestores e comunicadores maristas no Auditório do Prédio 32 da PUCRS
Por Janaina Rauber e Júlia Bueno
(Foto: Amanda Caselli)

Gestores e comunicadores da Rede Marista compareceram ao Auditório do Prédio 32 da Universidade (Foto: Amanda Caselli)

Por que discutir identidade, coerência e reputação? A resposta pode parecer simples, mas envolve uma gama de significados, principalmente quando diz respeito à área da Comunicação. Com o intuito de levantar novos questionamentos e refletir sobre este universo, o 12º Encontro de Comunicação Marista (Ecom), em seu segundo dia de evento, contou com a presença de Diego Wander, coordenador da Assessoria de Comunicação e Representação Institucional, e do Irmão Marista Deivis Fischer, vice-presidente da Rede Marista, responsáveis por introduzir o tema.

Após discorrer sobre os 200 anos de Missão Marista no mundo, Irmão Deivis iniciou uma oração, que serviu não apenas como um momento de reflexão, mas também de agradecimento. Em seguida, os olhos da plateia se voltaram para o projetor, no qual foi exibido um vídeo breve relembrando os principais acontecimentos do dia anterior.

A primeira palestrante da manhã foi Fátima Torri, da Fatto Comunicação. Direcionada, principalmente, para os fatores que envolvem a construção de uma reputação institucional, ela destaca que todo reconhecimento é proveniente do resultado das nossas atitudes. Ao utilizar a Rede Marista como exemplo, afirma: “Formar gente é uma audácia, é uma coragem”. Por acreditar que tamanha credibilidade envolve construção diária, olhar sensível e escuta verdadeira, Fátima pontua fortemente a importância de não apenas ser, mas parecer ser.

Diego Wander, Fátima Torri e Luíse Bello no 2º dia do Ecom ( Foto: Amanda Caselli/Famecos/PUCRS)

Diego Wander, Fátima Torri e Luíse Bello no 2º dia do Ecom ( Foto: Amanda Caselli/Famecos/PUCRS)

Estimulada pela ponderação de que as incertezas geram crises de segurança e pelo questionamento a respeito de como deve ser a comunicação em tempos conturbados, a palestrante observa a necessidade de investir na boa reputação, uma vez que o mundo contemporâneo se torna progressivamente intolerante e instável. “A experiência de quem usa os serviços define a marca”, alerta. Além disso, destaca a compreensão que todos devem ter quando o assunto é imagem e identidade – elementos distintos que devem estar em coerência sempre -; autoconhecimento, que origina novas conquistas; e blindagem competitiva.

Depois do breve coffee break, quem assume o microfone é Luíse Bello, planejadora da Think Eva. Centrada no tema A urgência de diálogos honestos, humanos e responsáveis, enfatiza preconceitos de raça, gênero e orientação sexual no meio profissional: “Não é um problema social de anos atrás, é recente”. Ao apresentar dados estatísticos e exemplos, ela alerta as desigualdades existentes no Brasil e a falta de humanidade entre as pessoas. “Vivemos numa sociedade tecnologicamente avançada, mas socialmente retrógrada”, nota.

Voltada também para os padrões estéticos que estimulam tamanha segregação, Luíse sinaliza a obrigação de todos assumirem as suas responsabilidades. Além disso, atenta para a forma com que as redes sociais podem (e devem) ser utilizadas, sendo meio de comunicação eficaz para informar, respeitar e inovar.

Histórias inspiradoras das nossas pessoas: relatos de coerência foi o tópico central da primeira parte da tarde. Cinco representantes das áreas em que a Rede Marista atua compartilham histórias de vida e ensinamentos proporcionados pelo espírito da instituição. Rafael Brum, ex-aluno do Marista Champagnat, Elisabete Machado, doutoranda em Educação pela PUCRS, Olga Chelkanoff, orientadora educacional do Colégio Marista Irmão Jaime Blazus, Juliano Machado do Nascimento, educador social, e Juliana Pierdona, do Hospital São Lucas da PUCRS, relatam experiências pessoais e profissionais relacionadas ao convívio marista, motivo pelo qual se orgulham.

Ao encerrar o segundo dia de palestras, Mariana Gutheil, co-fundadora da No One – consultoria que transforma negócios através do Design -, fala sobre atitudes colaborativas. Ela incentiva uma reflexão sobre o mundo o qual vivemos hoje, as consequências da tecnologia e da inovação (forças que promovem mudanças na contemporaneidade) e a maneira de olharmos para o passado, ação que permite compreender o que as pessoas fazem. Mudança é a palavra-chave do bate-papo.

Para ela, é necessário entender a forma com que exercemos nossas atividades em vez de apenas pensarmos em realizá-las. Quanto à caracterização do ser humano, Mariana reflete: “Emoção não é algo primitivo nem inferior à razão. Ao contrário, são indissociáveis”. Aponta, portanto, que considerar a visão do outro é de extrema importância, sendo a empatia fundamental nas relações. Por fim, observa: “O que move as coisas é o amor”.

 

*Confira o álbum de fotos no Flickr Eu Sou Famecos

Tag(s) da matéria: , , .
Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org