Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
26º SET UNIVERSITÁRIO
18 de setembro de 2013

Sucesso do Curtas Gaúchos passa pela regionalidade das produções

Por Bárbara Biolchi e Gabriel Gonçalves
Foto: Cassiana Martins/ Famecos/ PUCRS

Foto: Cassiana Martins/ Famecos/ PUCRS

A oficina Curtas Gaúchos: Documentário e Ficção no mercado do Rio Grande do Sul, ministrada pelo diretor do Núcleo de Produções Especiais da RBS TV, Gilberto Perin, resgatou a história da televisão gaúcha e abordou o processo de produção audiovisual do Estado. Há 42 anos atuando no mercado, o produtor foi um dos idealizadores do Curtas Gaúchos, criado no final da década de 90.

O projeto, que hoje aposta em novos talentos e movimenta uma indústria regional, enfrentou resistência devido à ausência de uma cultura de produções próprias. “No começo, tivemos que reeducar internamente o processo para o pessoal entender. Houve uma resistência interna óbvia, mas logo as pessoas entenderam que o entretenimento dá dinheiro”.

Segundo Perin, a dificuldade de aceitação das produções de entretenimento foi consequência de uma estagnação desse segmento no Estado, que teve início em meados da década de 60 e só voltou a ganhar fôlego em 1989, com o lançamento do documentário Ilha das Flores.

A primeira produção do Curtas Gaúchos estreou em 31 de julho de 1999, com a série “20 gaúchos que marcaram o século XX”. Hoje, contabiliza um histórico de 828 curtas exibidos e serve como vitrine para novos cineastas, além de estimular o crescimento das produtoras no mercado da comunicação. Para o produtor, o sucesso dos programas passa pela regionalidade das produções. “O entretenimento tem que ter a cara da gente. Seja por causa da repercussão, que é maior, ou pela identificação do público”.

Atualamente, as produções realizadas pelo grupo são exibidas na RBS TV, no Canal Brasil e na Globo Internacional, onde são transmitidas para 115 países. Perin ressalta que, por esse motivo, há sempre a preocupação em contar histórias que sejam regionais, mas que, ainda assim, possam interessar e ser compreendidas por qualquer pessoa, independentemente de ter familiaridade com o Estado.

Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org