Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
Palestra
23 de agosto de 2017

Profissional apresenta tendências de comunicação na Famecos

Daiana Endruweit palestrou sobre suas experiências com comunicação corporativa
Por Jeferson Renan da Silva

Daiana Endruweit apresentou tendências do mercado para os futuros comunicadores (Foto: Mariana Corrêa)

O auditório da Faculdade de Comunicação Social (Famecos) da PUCRS recebeu, na noite de terça-feira (22), a palestra “Tendências da Comunicação”. O evento contou com a presença da comunicadora Daiana Endruweit e teve a mediação da professora de assessoria de imprensa Raquel Boechat. O encontro falou sobre os desafios do mercado de comunicação, o perfil do profissional e as exigências do mercado no Brasil e no mundo. A atividade integra as comemorações dos 50 anos do curso de Relações Públicas da Famecos.

Daiana é formada em Jornalismo pela Famecos, pós-graduada em economia empresarial pela UFRGS e certificada em Marketing e Public Relations pelo curso de extensão da University of South Florida. Ela atuou por 10 anos na comunicação da Gerdau. Entre 2009 e 2011, foi transferida para os Estados Unidos para atuar no atendimento de demandas de imprensa e de associações de classe relacionadas às operações da Gerdau na América do Norte, com foco em media relations, public affairs e branding. Desde 2015, trabalha na empresa Imagem Corporativa, atuando para marcas como Uber e Lindt.

Da criação do telefone, em 1870, até o Pokemon Go, em 2016, muita coisa mudou, principalmente o rápido acesso a novas tecnologias pelo grande público. A inteligência artificial, carros autônomos, impressoras 3D, machine learning (aprendizado exponencial) são algumas das tendências que já não parecem mais coisa de filme de ficção, e é nesse novo ecossistema que vive a Comunicação. “O ambiente digital é muito rápido, muito ágil”, comenta. O mundo mudou e transformou a forma das marcas interagirem com os usuários. “A mudança é o novo normal. Todo dia tem uma tecnologia nova e temos de aprender a usá-las ao nosso favor”, conta Daiana. Para complementar, a jornalista trouxe alguns fatos sobre a mídia, como os investimentos em anúncios no YouTube terem superado os realizados na TV no ano de 2016; os 2 bilhões de pessoas presentes no Facebook; os Apps que já faturarem mais dinheiro do que Hollywood; e 1/3 das empresas da Fortune 500 que ainda não existiam em 2005.

“A imprensa tradicional mudou!”, relata. Ela apresentou ao público no auditório a tendência de jornalistas, após as inúmeras demissões nas redações de grandes veículos, abrirem suas próprias agências de notícias, como exemplo dos novos portais Poder 360, o Antagonista, Inova.jor e Brazil Journal, inspirados em casos do Exterior. “São esses novos canais que as empresas e marcas estão buscando para conversar com seus públicos”, conclui.

Essa é a grande pergunta: como se atua em Comunicação Corporativa nesse novo ambiente?

“Nós jornalistas, RPs, que trabalhamos com Comunicação Corporativa, não deixamos de lidar com imagens, marcas, símbolos, comportamentos e valores”, diz. Tudo isso é percebido pelo consumidor, pela comunidade, por investidores e funcionários e a súmula dessas percepções é que gera a reputação. Daiana conta, também, que a Comunicação Corporativa continua com a mesma essência, mas com a forma de trabalhá-la diferente. “Através de uma comunicação estratégica muito bem pensada, um trabalho que envolva diferentes profissionais, de diferentes áreas pensando em como se comunicar e relacionar com governos, comunidades, consumidores. Isso é o que dá resultado!”, complementa.

Daiana comentou que um dos desafios dos comunicadores é manter-se atualizados (Foto: Mariana Corrêa)

A jornalista enumera algumas formas de se conectar com o público:

#1 Emoção – As pessoas querem se reconhecer nos valores de uma empresa. Muitos empresários mudam a estratégia de negócios e de campanhas para mostrar que tem valor e para que o usuário crie uma conexão com teu consumidor. Exemplo da marca Always em sua ação Like a Girl, ganhadora de um Emmy de melhor anúncio.

#2 Visual/Storytelling – Segundo a pesquisa da Microsoft Corporation, em 2000 o público prestava atenção em algo por cerca de 12s; em 2013, caiu para 8s, menor do que um peixinho dourado, que é de 9s. Para buscar a atenção dos públicos é preciso ter muito foco e estratégia. As lives são uma nova possibilidade para que as grandes marcas trabalhem como uma alternativa de conversar direto com os usuários. “É um caminho sem volta”, afirma.

#3 Big Data – Informação on-line. Hoje é impossível criar uma estratégia sem ter alguma pesquisa ou informação sobre o consumidor para se basear. A exemplo disso, o grupo Pão de Açúcar está usando Big Data para fidelizar seus clientes enviando promoções especiais de desconto direto pelo aplicativo.

Paul Holmes, britânico estudioso de RP, fala que para fazer diferença para estratégia de um negócio é preciso ter um insight com apelo, é preciso conhecer o negócio, a comunidade, ter informação. Sobre isso, Daiana diz: “A pessoa com melhor insight vai ter a melhor estratégia”.

#4 Micro influenciadores – Os grandes influenciadores aumentam o público de alcance. Porém, para as práticas de RP, a tendência é trabalhar com os micro influenciadores (usuários que possuem entre 5 a 100 mil seguidores) porque eles custam menos, publicam com mais frequência, possuem maior engajamento do público, além de legitimidade ao falar e maior afinidade com a marca.

#5 Co-branding – Outra tendência em que marcas que se veem com valores similares se reúnem para engajar seus públicos em uma única campanha. Exemplo da integração do Uber e Spotify em que o usuário ao entrar na corrida pode selecionar a playlist que toca no carro durante a viagem.

#6 Desintermediação – tendência de empresas se aproximarem dos clientes sem intermediários e gerarem engajamento com seus públicos, além de gerar Data.

Especialmente hoje, crises e momentos sensíveis são diários, porque trabalhando on-line não tem como medir o alcance total. As empresas precisam alinhar a comunicação interna e externa, além de rever procedimentos para evitar maiores crises. “Crises expõem marcas perigosamente e ninguém está livre e a diferença é o quanto você está preparado para enfrentá-las”, observa a jornalista. Como se preparar e se comunicar quando a crise acontece é o que faz a diferença.

Atividade reuniu turmas do curso de Relações Públicas e Jornalismo (Foto: Mariana Corrêa)

Para finalizar, Daiana deu algumas dicas (#mandamentos) para os presentes no auditório:

1 Relacionamento – Diálogo, credibilidade, verdade e transparência. “Para mim, o nosso trabalho é inteligência emocional, saber utilizar a informação e fazer relacionamento com ela. A principal habilidade de um comunicador é se relacionar”;

2 Inovação – Empreendedorismo e inovação. O press release é uma ferramenta de documentação. “Tente sempre inovar e esteja atento as tendências”;

3 Saiba onde está “pisando” – Saiba com quem irá falar, os interesses envolvidos e entenda muito bem a pauta;

4 Se aprofunde no tema – “Não ligue para ninguém sem saber realmente do que está falando”;

5 Clareza, objetividade e didatismo – Com as redações enxutas e muita coisa para publicar em diferentes canais é necessário ter o máximo de clareza, objetividade e didática no que é falado para garantir que a mensagem seja entendida e publicada;

6 Mensure resultados – “Não existe gestão, promoção, ascensão na carreira se não conseguir mostrar a que veio. É preciso saber mostrar o que tem para entregar”;

7 Tenha uma visão estratégica – Faça parte do negócio;

8 Use ferramentas gratuitas – Google e Dinamize são exemplos que possibilitam trazer data e insights;

9 Timing;

10 Escreva de forma excelente – “É necessário escrever muito bem, os comunicadores não deixam de escrever e criar conteúdo por não estarem em uma redação, não deixe de escrever bem”;

“Independente do caminho seguido, da carreira seja em Comunicação Corporativa, redação, Cinema, façam o melhor de vocês mesmos, treinem! Esse é o meu recado, sejam o melhor de vocês mesmos”, finalizou Daiana.

* Confira o álbum de fotos no Flickr da Eu Sou Famecos.

Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org