Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
TELEVISÃO
13 de maio de 2015

TVE sofre mudanças na programação e no orçamento

Corte de gastos e parcerias motivaram a alteração na grade da emissora
Por Bárbara Debeluck
Foto: Heike Knebel

Foto: Heike Knebel

Inaugurado oficialmente em 1974 e com sede em Porto Alegre, o canal TV Educativa (TVE) foi atingido pelo corte de gastos promovido pelo governo do Estado. O orçamento, reduzido pela metade, resultou na diminuição de serviços e programas tradicionais. Para conseguir manter o investimento em programação, a alternativa foi realizar parcerias com produtoras independentes do Interior e da Capital.

Cinco programas tiveram o seu cancelamento confirmado – Primeira Pessoa, Mídia em Debate, Mobiliza, TVE nos Festivais e Hip Hop Cultura de Rua – e sete novas produções integram a grade da emissora. As atrações retiradas do ar foram aquelas em que a audiência não justificava sua permanência. As novidades na programação estão previstas para iniciar no próximo dia 18 de maio, com a ampliação das áreas de jornalismo e esporte.

Pela primeira vez a emissora está controlando a sua audiência, e para a professora da Faculdade de Comunicação Social (Famecos) da PUCRS Cristiane Finger isso é um fator relevante para uma possível melhora. “Acho que o caminho e as atitudes anunciadas pela TVE são interessantes, porque é necessário que eles se preocupem com a audiência, realizem parcerias e renovem a sua programação”.

A professora afirma que não é preciso que o canal se preocupe em competir com emissoras privadas, pois é necessário que entre elas exista uma complementação. “A televisão estatal deve ter qualidade de programação e atender diversos públicos, obrigando as emissoras privadas a serem ainda melhores”.

Para que as mudanças no canal apresentem um bom resultado, Cristiane sugere algumas alternativas. Entre elas, a pesquisa qualitativa, para entender o telespectador, e o patrocínio vindo de anúncios institucionais. Além disso, é preciso que a TVE se preocupe em ter na sua programação atrações que possam atingir as pessoas que não se sentem representadas por outras emissoras. ”Fazer um programa de qualidade não é difícil. O desafio é ter audiência, ser atrativo e não custar valores absurdos”, avalia.

Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org