Logo PUCRS PUCRS Universidade PUCRS Administração PUCRS Unidades PUCRS Graduação PUCRS Pós-graduação PUCRS Extensão PUCRS Biblioteca PUCRS Vestibular
EVENTO
25 de agosto de 2011

Ubiquidade Tecnológica é tema de palestras na Famecos

Por Júlia Franz
Profª. Drª. Cintia da Silva Carvalho palestra no 2º painel - Processos culturais e ubiquidade comunicacional (Foto: Fernanda Becker)

Profª. Drª. Cintia da Silva Carvalho palestra no 2º painel – Processos culturais e ubiquidade comunicacional (Foto: Fernanda Becker)

Na tarde de quarta-feira desta semana, 24 de agosto, ocorreu o 1º Encontro de Ubiquidade Tecnológica. O evento aconteceu no Auditório da Faculdade de Comunicação Social (Famecos) da PUCRS e teve como objetivo abordar perspectivas de pensar tecnologia nas formas de acesso através de diferentes áreas do conhecimento. O encontro foi separado em quatro mesas temáticas, cada uma com duração de uma hora e meia.

A primeira mesa aconteceu das 14h às 15h30, com o tema: Ativismo digital, redes sociais e ubiquidade do sujeito. Para discutir isto, sob mediação da doutoranda Sandra Henriques, estavam a Drª. Suely Fragoso, Ph.D em Communications Studies pela University of Leeds; a Drª. Vanessa Soares Maurente, professora de psicologia da PUCRS; e Dr. Cristiano Max Pereira, coordenador do curso de Comunicação Social da Feevale. O foco do debate foram os games, considerados uma das principais formas de diversão dos adolescentes. Apesar das possíveis influências negativas desse tipo de entretenimento, os debatedores acreditam que pode ser muito educativo. Além disso, constataram que podem ocorrer ativismos políticos através dos jogos e desmistificaram a ideia de que os gamers são alienados: “uma pesquisa americana demonstra que os gamers são os que mais entendem de geopolítica, por exemplo”, garante a Dr. Suely Fragoso.

Logo após, das 15h30 às 17h, ocorreu outra mesa de debates sobre Processos Culturais e Ubiquidade Comunicacional. Os debatedores eram: Dr. Erick Felinto, doutor da Universität der Künste Berlin sobre Teorias da Mídia alemães; Hermílio Pereira, professor de sociologia e Editor da Revista CIVITAS; e Drª Cintia da Silva Carvalho, integrante do corpo docente permanente do Mestrado em Processos e Manifestações Culturais da Feevale. Foram mediados pela doutoranda Polianne Merie Espindola. O debate ramificou-se em diversos assuntos: primeiramente, constatou o processo exagerado de individualização da sociedade, que pode gerar muita angústia às pessoas desta geração. Depois, discutiu a escravidão que as últimas tecnologias podem gerar. A tecnologia pode ser extremamente positiva e acrescentar muito à sociedade, mas pode também ser usada de forma negativa, como afirma a professora Cíntia: “Os indivíduos podem utilizar a tecnologia para potencializar as formas de comunicação, porém podem utilizá-las perversamente, usando-as para controlar e dominar seus trabalhadores”.

Os paradigmas atuais já foram vistos em gerações anteriores. Estamos vivendo com novidades permanentes, o que acaba com a perspectiva de passado e futuro e gera a repetição de tudo que já é conhecido. Essa foi a conclusão das mesas, fazendo os espectadores refletirem sobre perspectivas positivas e negativas dos avanços tecnológicos.

 Confira a matéria em vídeo:

Tag(s) da matéria: .
Eu Sou Famecos no Facebook Eu Sou Famecos no Flickr Eu Sou Famecos no Issuu Eu Sou Famecos no Mixcloud Eu Sou Famecos no Scribd Eu Sou Famecos no Twitter Eu Sou Famecos no Ustream Eu Sou Famecos no YouTube RSS do portal Eu Sou Famecos
Marista, Famecos, Espaço Experiência e PUCRS Site Famecos Site Eu Sou Famecos Site PUCRS
Faculdade de Comunicação Social - Famecos/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - Sala 106 - Porto Alegre/RS - CEP 90619-900
Fone 51 3320.3569 r. 4121 - espacoexperiencia@pucrs.br
Desenvolvido por Espaço Experiência Wordpress.org